BLOG | Run Fitness Club - Part 11

Atividade física na sua rotina!

        Tornar a prática de atividade física parte da rotina diária é um passo muito importante para a promoção da saúde e do bem-estar. Muitos são os estudos que comprovam os benefícios físicos, psíquicos e sociais proporcionados por uma atividade física realizada de forma regular.
A falta de tempo, cansaço e desmotivação são uns dos principais motivos para que a academia seja deixada de lado. Mas, como você pode conciliar todas as atividades do seu dia, inclusive a academia? Nós da Run Fitness Club te damos algumas dicas:

1) Reserve, no mínimo, 30 minutos do seu dia para a academia. Você notará que terá muito mais disposição durante o dia e seu sono melhorará;
2) Caso seja necessário nos primeiros meses, faça com que a prática de atividade física seja como um compromisso de trabalho. Anote na agenda e reserve um horário especialmente para a academia;
3) Peça para seu instrutor que proponha exercícios que irão te dar prazer em realizar, assim você se sentirá mais motivado;
4) Tenha sempre objetivos que são palpáveis de ser alcançados e anote toda evolução que sentir no seu corpo;
5) Traga um amigo para treinar com você! A companhia de alguém durante o treino faz com que ele seja menos tedioso;

        Por fim, exercite-se também fora do ambiente da academia. Trocar o carro por bicicleta, o elevador por escada, faz com que você deixe de lado sedentarismo e comece a ter uma vida mais ativa.

VENHA TREINAR COM A GENTE!

Colaboradores_Flavia_2

Flavia Garcia Pires – Graduanda da Universidade Federal de Santa Catarina

Vontade de desistir?

Sabe aquele dia em que dá vontade de desistir de tudo? Que a vontade de ficar na cama é maior, que o desejo de comer chocolate só aumenta, fazer exercício fica para segundo plano, ler um livro nem pensar e pensamentos negativos não saem da cabeça? Sinto lhe informar que esses dias estarão sempre presentes na sua vida.

Então lá vai uma pergunta: Conviver com eles ou enfrentá-los?

Não estou aqui para aumentar a zona de conforto de ninguém, muito menos de incentivar a preguiça e a falta de iniciativa. Eu não sei vocês, mas confesso que seguindo a boa regra em ser uma profissional e mulher de sucesso, também tenho meus dias de desânimo. E por vezes, esses dias falam bem alto.

Todos nós sabemos o quanto enfrentar os obstáculos da vida não é fácil, mas aqueles que optam pelo significado negativo de cada situação, costumam, quando enfrentam as dificuldades, culpar os outros; repetir os mesmos erros e achar que o fracasso é natural.

Em que lugar você quer estar?

Eu quero fazer a diferença, eu quero enfrentar os meus maiores medos e conseguir superá-los. Não quero adiar meus compromissos e deixar para o amanhã. Eu quero vencer as dificuldades e enxergá-las como um aprendizado. Eu quero manter as expectativas realistas e potencializar minhas forças.

E aqueles dias de desânimo? Quero carregá-los junto comigo sem culpa! Quero transformá-los em dias de reflexão, dias para as minhas energias serem recarregadas. Pronto, depois disso posso voltar a enfrentar a batalha da vida com maior garra, motivação e dedicação.

“ É muito melhor arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfos e glórias, mesmo expondo-se a derrota, do que formar fila com os pobres de espírito que nem gozam muito nem sofrem muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta que não conhece vitória nem derrota”. Theodore Roosevelt

Quando você perceber que a recompensa de uma vitória é muito melhor que o fracasso de infinitas derrotas todo o seu esforço valerá a pena.

Onde está o seu foco neste momento?

Ao2lYQMUeXOf4Bu4yjzFRtVym0ZCS7Jq8d3wPJOrZnck

Marina Martins – Coach e Psicóloga

Bocejos nos treino?

        Você costuma bocejar muito durante os treinos? Isso pode ser um alerta de seu corpo, a nutricionista Elaine Silva nos explicou o porque que isso acontece!

        Apesar de não ter muitos estudos científicos que comprovem o motivo do bocejo durante as atividades físicas, vamos tentar explicar algumas hipóteses que podem estar ligadas a esse ato involuntário do nosso corpo.

• Uma das suposições diz que o bocejo acontece quando o organismo está em um momento de baixo metabolismo, causado por uma queda de oxigenação no interior dos alvéolos, no qual a função é expandir o oxigênio pelo sangue e retirar o dióxido de carbono. Para impedir está baixa oxigenação, o organismo tenta aumentar a entrada de ar nos pulmões através do bocejo. Isto explicaria, em parte, porque algumas pessoas bocejam quando fazem um treino muito puxado na musculação.

• A baixa concentração de açúcar (glicose) no sangue. Porque tem relação com a baixa ingestão de carboidrato na sua alimentação antes do treino ou redução dessa reserva energética, chamada glicogênio durante o exercício. Caso você não coma o suficiente para amparar seu organismo em energia, além de bocejos poderá aparecer outros sintomas como visão turva, tonturas, tremores e aumento da frequência cardíaca.

• O bocejo também está ligado com a termorregulação, quando bocejamos é para resfriar o cérebro, promovendo a troca de calor com o meio ambiente. É muito mais comum “abrirmos o bocão” no verão do que no inverno. Então você já percebeu a temperatura do local de seu treino?

• E claro que também o ato do bocejo pode estar ligado a falta de sono, noites mal dormidas. O descanso é fundamental para a melhora de seu rendimento nos treinos e no seu dia a dia.
E aí, conseguiu identificar o que está causando seu bocejo?

        Fiquem atentos e se precisar de ajuda, é só procurar mais informações e marcar um horário com a Nutricionista Elaine na nossa recepção!

Elaine Silva é nutricionista e atende aqui na Run todas as terças-feiras das 14h30min até as 21h

IMG_9196_Fotor - Elaine

Elaine Silva – CRN104904P

Open chat
1
Seja bem-vindo, podemos ajudar?
Powered by