BLOG | Run Fitness Club - Part 11

Antioxidantes

Você com certeza já deve ter ouvido falar em alimentos antioxidantes, mas você sabe como eles funcionam e qual a importância deles para a sua saúde?

Bem, primeiro preciso explicar o que são radicais livres.
Os radicais livres são moléculas que apresentam elétrons desemparelhados em sua estrutura, tornando-os altamente reativos, podendo (esse eletron “solto” ) ligar-se a uma célula sadia de seu corpo, causando assim danos (oxidação) como uma lesão ou até morte das mesmas. Esses radicais livres são formados continuamente em reações internas de nosso corpo, quando respiramos, quando praticamos atividades físicas, mas fatores externos também fazem com essa produção aumente, como fumo, poluentes ambientais, álcool, radiação e por aí vai…
Mas os radicais livres também são importantes para o nosso sistema imunológico.
Não existe algo que possamos fazer para que essa produção seja interrompida, porém temos como combater os radicais livres com os famosos ANTIOXIDANTES. E como eles agem então?

Os antioxidantes vão neutralizar a ação desses radicais livres, inibindo a oxidação, o estresse oxidativo, lesões e morte celular. Por isso uma alimentação rica em antioxidantes é fundamental para a manutenção de sua saúde, para evitar o envelhecimento precoce, câncer, doenças degenerativas como o Parkinson e Alzheimer.

Os alimentos são a melhor fonte de antioxidantes naturais, e uma alimentação rica em frutas, vegetais e grãos fornece para o corpo os antioxidantes necessários para prevenir doenças.
Tenha sempre uma alimentação equilibrada e rica em antioxidantes. Procure seu nutricionista.

IMG_9196_Fotor - Elaine

Elaine Silva / CRN104904P

Exercício Físico na Gravidez

Sabemos que o exercício físico é essencial para nossa saúde e qualidade de vida. Nosso corpo é uma máquina, e para operá-la, é necessário que esteja funcionando. Quando a máquina mantém-se parada, ela enferruja, e é basicamente por esse caminho que o corpo funciona. No entanto, ainda existem dúvidas quanto ao período de gestação, afinal, a mãe não estará respondendo apenas por ela. Deve-se ou não realizar exercícios?

A resposta para essa questão seria: sim, as atividades para gestantes são liberadas e aconselhadas. Porém, os cuidados deverão ser maiores, com o objetivo de preservar a saúde da mãe e do bebê. Quando uma criança está a caminho, tudo muda, não é mesmo? A rotina, o sono, a alimentação e as preocupações. E assim ocorre com o exercício físico também.

Os cuidados que devem ser tomados na prescrição e realização do exercício são:  

– Quando a gestante já era adepta aos exercícios, o que vai mudar é a intensidade. As cargas devem ser de moderadas à leve;

– Gestantes que não praticavam atividade física só devem realizar se liberadas pelo médico responsável.

– Evitar exercícios que promovam desequilíbrio e/ou sejam realizados em decúbito dorsal a partir do 2º trimestre;

– Manter a respiração controlada, sem promover apneia, pois o bebê também precisa de oxigenação.

– Utilizar roupas leves e confortáveis;

– Hidratar-se constantemente.

Dentre todos os benefícios gerados pelo exercício físico, destacam-se alguns específicos para o período gestacional: 

– Aumento do bem estar e da autoestima;

– Preservação da funcionalidade da gestante;

– Aumento e manutenção da massa muscular;

– Fortalecimento da musculatura que colabora com a diminuição de dores (como as de coluna) e estabilização das articulações;

– Melhora da circulação sanguínea;

– Facilitação na hora do parto (mais rápido e menos doloroso) e recuperação pós-parto;

– Controle de peso da mãe e da criança;

– Menor acúmulo de gordura abdominal pós-parto.

Ou seja, futuras mamães! Façam exercícios físicos sem preocupação, mas com muito cuidado e SEMPRE procurando um bom profissional de Educação Física, que prescreva e acompanhe seu treino.

 

Referências:  

GUEDES, Dilmar Pinto. Musculação, Estética e saúde feminina. 4.ed, São Paulo: Phorte, 2012. p.175-179.

SOUZA, Thais Priscila Lopes; RAIOL, Rodolfo de Azevedo. A importância da prática do treinamento resistido para gestantes. Efdeportes.com, Buenos Aires, v. 19, n. 202, mar. 2015. Disponível em: <http://www.efdeportes.com/efd202/treinamento-resistido-para-gestantes.htm>. Acesso em: 17 jan. 2016.

 

Colaboradores_Marina2

Marina Paula Floriani é estudante de Educação Física na Universidade Federal de Santa Catarina.

 

Você realmente conhece o Yoga?

Yoga é muito mais do que posturas! Originalmente, o Yoga nasceu como uma visão muito especial sobre o ser humano, que incluía um caminho prático para o crescimento pessoal, um caminho para conduzir o ser humano à compreensão de si mesmo. Uma das possíveis traduções da palavra Yoga que figuram no dicionário sânscrito é união – Yoga é uma arte, ciência, um estilo de vida, um conjunto de conhecimentos de mais de 5.000 anos, que surgiu na Índia.

O objetivo do Yoga é a evolução integral do ser humano e essa prática é para todos. Nesse contexto, existe a prática do Hatha Yoga – sistema de Yoga que surgiu por volta do século 15.

A sua prática incorpora:

Asanas: posturas criadas para melhorar a saúde, é um instrumento para controlar a mente, indo muito além da parte física e consequentemente leva o praticante a atingir estágios avançados de meditação.

Pranayamas: É a ciência do controle da respiração.

Meditação, concentração e relaxamento.

Através da execução destas técnicas, o praticante obtém benefícios como:

  • Desenvolvimento da musculatura corporal fortalecendo e alongando o corpo;
  • Aumento da capacidade pulmonar, melhorando a oxigenação e desintoxicação no corpo;
  • Harmoniza o sistema endócrino;
  • Reduz o estresse gerando paz interior;
  • Aprimora o alinhamento postural;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Aumenta a resistência física, equilíbrio, e consciência corporal.

 

Através do Yoga pode-se trazer consciência a todas as situações do dia-a-dia, incluindo atitudes como entendimento, paciência, calma, compaixão, bom humor e outras virtudes. O praticante pode acalmar sua mente, controlar suas emoções e aumentar seu nível energético. O Yoga conecta interior e exterior.

Portanto o Yoga promove autoconhecimento, saúde para o corpo e equilíbrio físico, emocional e mental. Trazendo consciência e crescimento espiritual, melhora nossa qualidade de vida em todos os aspectos.

Colaboradores_Josiane

Nani Rodrigues é estudante de Educação Física da UFSC e formada em Yoga Integral pelo Centro Educacional Sri Aurobindo Ashram Brasil de São Paulo – curso reconhecido pela Aliança do Yoga.

Confira nosso quadro de aulas coletivas e venha treinar corpo e mente nessa aula fantástica.

Obrigado 2015!

        O ano está acabando, e nós da Run só temos a agradecer, Obrigado 2015 você foi incrível! E o mais legal é que um 2016 cheio de expectativas e sonhos está chegando!

        Pra mim em especial esse vai ser um daqueles anos que vou me lembrar pra sempre. É o ano que minha vida mudou radicalmente, junto com todas as alegrias de ver nosso trabalho sendo reconhecido, vem todas as responsabilidade que sinto para com, todos os nossos colaboradores e clientes. O raio de ação da minha missão de vida, que é a de influenciar positivamente a vida das pessoas através da atividade física, foi amplamente ampliada, me sinto muito feliz e muito motivado a que ele cresça cada vez mais.

        O caminho até aqui foi mais fácil que imaginava, e tenho certeza que assim foi, porque conto com uma rede de colaboradores, amigos/família que foram, e são incríveis, em especial meu irmão de outra mãe, e agora meu sócio Rodrigo, e claro a minha sócia, gestora, parceira, amiga, amante e esposa que amo muito Elis.

        Então fica aqui registrado meu agradecimento a todos vocês que em algum momento estiveram comigo nesse ano de 2015.

        MUITO OBRIGADO.

         Mas espera ai que o ano ainda não acabou né? como fica a academia nesse final de ano? Vamos estar abertos todos os dias, só estaremos fechados dias 25/dez e 01/jan. Abaixo segue um quadro com o calendário de como funcionará a Run no final do ano.

        Até logo e espero vocês por aqui logo!

        João Marcelo Siqueira.

 

Run-AberturaFechamento_v2-01

 

 

 

Alergia x Intolerância Alimentar

       Alergia x intolerância alimentar

Muitas pessoas acham que alergia e intolerância são a mesma coisa, mas não é e o que diferencia as duas, é a resposta que o organismo dá quando entra em contato com o alimento.
Na alergia alimentar há uma resposta imunológica imediata, fazendo o organismo criar anticorpos para neutralizar o agente agressor (alimento), surgindo sintomas variados como urticária ou vermelhidão da pele, dificuldade de respirar, inchaços em algumas regiões, vômitos, diarreias, dores de cabeça, dores nas articulações, entre outros sintomas. O processo alérgico pode até desencadear outros problemas de saúde e atingir órgãos alvos. Os sintomas surgem imediatamente após o consumo do alimento.

Já na intolerância alimentar, o organismo produz pouca ou nenhuma enzima que consequentemente trará prejuízos na digestão e absorção de determinados alimentos. E dessa forma desencadeiam sintomas principalmente no sistema gastrointestinal como, estufamento, dores no estomago, excesso de gases, diarreia ou constipação, cólicas intestinais, náuseas, vômitos, entre outros. Os sintomas podem demorar um pouco mais para surgirem, 30 minutos ou mais após a ingestão dos alimentos.

Tanto na alergia alimentar como na intolerância alimentar o tratamento incide em excluir da alimentação os alimentos que causam os sintomas. Existem alimentos que são considerados alergênicos como a soja, ovo, amendoim, avelã, castanhas, alguns frutos do mar, leite, trigo, carne de porco, ervilha…
Se você sente um ou mais dos sintomas descritos aqui, procure um nutricionista, ele irá mapear a sua alimentação e lhe propor um tratamento adequado para seu caso.

 

IMG_9196_Fotor - Elaine

Elaine Silva – CRN104904P

Conhecendo a Massoterapia

 

A massagem na sociedade Oriental é uma prática conhecida e usada por terapeutas chineses e indianos desde tempos imemoráveis, já no ocidente há relatos de que médicos romanos e gregos como Galeno e o pai da medicina Hipócrates à usavam como arma terapêutica. No entanto uma maior aceitação só veio a ocorrer após a sistematização de técnicas desenvolvidas pelo esgrimista sueco Per Herink Ling, dando origem a Massagem Sueca que se popularizou por toda Europa e Américas.

Entretanto, é possível encontrar pessoas que desconheçam o benefícios desta prática e até mesmo questionem se estão aptos ou se vale a pena incorporar esta terapia em sua rotina.

A resposta é sim, excetuando-se pessoas que encontram-se doentes, lesionadas, ou que possuem enfermidades crônicas como Trombose, ou problemas Cardíacos e Vasculares, a massoterapia é indicada para :

 

Alivio do Stress e ansiedade;

Redução de incidência de enxaquecas;

Melhora na qualidade do sono e redução de insônia;

Redução de disturbios digestivos;

Regulação do metabolismo;

Artrose;

Cansaço e Esgotamento Físico;

Dores nas Costas, pescoço e dorso;

Problemas emocionais.

 

Mas como funciona ?

 

Quando a pele é massageada há a produção de estímulos nervosos, que através de ação reflexa na medula espinhal geram a redução do tônus muscular e a sensação de relaxamento. Estes estímulos chegam ao cérebro e reduzem a produção de cortisol (hormônio do stress) e aumentam a produção da serotonina, um neurotransmissor que regula o humor, o sono e a saciedade, de uma forma simplificada pode-se dizer que a serotonina produz a sensação de bem estar.

Além disso existem ganhos no funcionamento fisiológico, pois os movimentos sobre os tecidos do corpo estimulam a circulação sanguinea, a circulação linfática, e os movimentos peristálticos. O estimulo da circulação linfática auxilia na eliminação de toxinas e redução de resíduos do tecido muscular, como o ácido láctico, que auxilia a aliviar as dores musculares, além de nutrir melhor os músculos e hidratar a pele.

trombeta

Diego Trombeta – Massoterapeuta.

 

Atividade física na sua rotina!

        Tornar a prática de atividade física parte da rotina diária é um passo muito importante para a promoção da saúde e do bem-estar. Muitos são os estudos que comprovam os benefícios físicos, psíquicos e sociais proporcionados por uma atividade física realizada de forma regular.
A falta de tempo, cansaço e desmotivação são uns dos principais motivos para que a academia seja deixada de lado. Mas, como você pode conciliar todas as atividades do seu dia, inclusive a academia? Nós da Run Fitness Club te damos algumas dicas:

1) Reserve, no mínimo, 30 minutos do seu dia para a academia. Você notará que terá muito mais disposição durante o dia e seu sono melhorará;
2) Caso seja necessário nos primeiros meses, faça com que a prática de atividade física seja como um compromisso de trabalho. Anote na agenda e reserve um horário especialmente para a academia;
3) Peça para seu instrutor que proponha exercícios que irão te dar prazer em realizar, assim você se sentirá mais motivado;
4) Tenha sempre objetivos que são palpáveis de ser alcançados e anote toda evolução que sentir no seu corpo;
5) Traga um amigo para treinar com você! A companhia de alguém durante o treino faz com que ele seja menos tedioso;

        Por fim, exercite-se também fora do ambiente da academia. Trocar o carro por bicicleta, o elevador por escada, faz com que você deixe de lado sedentarismo e comece a ter uma vida mais ativa.

VENHA TREINAR COM A GENTE!

Colaboradores_Flavia_2

Flavia Garcia Pires – Graduanda da Universidade Federal de Santa Catarina

Vontade de desistir?

Sabe aquele dia em que dá vontade de desistir de tudo? Que a vontade de ficar na cama é maior, que o desejo de comer chocolate só aumenta, fazer exercício fica para segundo plano, ler um livro nem pensar e pensamentos negativos não saem da cabeça? Sinto lhe informar que esses dias estarão sempre presentes na sua vida.

Então lá vai uma pergunta: Conviver com eles ou enfrentá-los?

Não estou aqui para aumentar a zona de conforto de ninguém, muito menos de incentivar a preguiça e a falta de iniciativa. Eu não sei vocês, mas confesso que seguindo a boa regra em ser uma profissional e mulher de sucesso, também tenho meus dias de desânimo. E por vezes, esses dias falam bem alto.

Todos nós sabemos o quanto enfrentar os obstáculos da vida não é fácil, mas aqueles que optam pelo significado negativo de cada situação, costumam, quando enfrentam as dificuldades, culpar os outros; repetir os mesmos erros e achar que o fracasso é natural.

Em que lugar você quer estar?

Eu quero fazer a diferença, eu quero enfrentar os meus maiores medos e conseguir superá-los. Não quero adiar meus compromissos e deixar para o amanhã. Eu quero vencer as dificuldades e enxergá-las como um aprendizado. Eu quero manter as expectativas realistas e potencializar minhas forças.

E aqueles dias de desânimo? Quero carregá-los junto comigo sem culpa! Quero transformá-los em dias de reflexão, dias para as minhas energias serem recarregadas. Pronto, depois disso posso voltar a enfrentar a batalha da vida com maior garra, motivação e dedicação.

“ É muito melhor arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfos e glórias, mesmo expondo-se a derrota, do que formar fila com os pobres de espírito que nem gozam muito nem sofrem muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta que não conhece vitória nem derrota”. Theodore Roosevelt

Quando você perceber que a recompensa de uma vitória é muito melhor que o fracasso de infinitas derrotas todo o seu esforço valerá a pena.

Onde está o seu foco neste momento?

Ao2lYQMUeXOf4Bu4yjzFRtVym0ZCS7Jq8d3wPJOrZnck

Marina Martins – Coach e Psicóloga

Bocejos nos treino?

        Você costuma bocejar muito durante os treinos? Isso pode ser um alerta de seu corpo, a nutricionista Elaine Silva nos explicou o porque que isso acontece!

        Apesar de não ter muitos estudos científicos que comprovem o motivo do bocejo durante as atividades físicas, vamos tentar explicar algumas hipóteses que podem estar ligadas a esse ato involuntário do nosso corpo.

• Uma das suposições diz que o bocejo acontece quando o organismo está em um momento de baixo metabolismo, causado por uma queda de oxigenação no interior dos alvéolos, no qual a função é expandir o oxigênio pelo sangue e retirar o dióxido de carbono. Para impedir está baixa oxigenação, o organismo tenta aumentar a entrada de ar nos pulmões através do bocejo. Isto explicaria, em parte, porque algumas pessoas bocejam quando fazem um treino muito puxado na musculação.

• A baixa concentração de açúcar (glicose) no sangue. Porque tem relação com a baixa ingestão de carboidrato na sua alimentação antes do treino ou redução dessa reserva energética, chamada glicogênio durante o exercício. Caso você não coma o suficiente para amparar seu organismo em energia, além de bocejos poderá aparecer outros sintomas como visão turva, tonturas, tremores e aumento da frequência cardíaca.

• O bocejo também está ligado com a termorregulação, quando bocejamos é para resfriar o cérebro, promovendo a troca de calor com o meio ambiente. É muito mais comum “abrirmos o bocão” no verão do que no inverno. Então você já percebeu a temperatura do local de seu treino?

• E claro que também o ato do bocejo pode estar ligado a falta de sono, noites mal dormidas. O descanso é fundamental para a melhora de seu rendimento nos treinos e no seu dia a dia.
E aí, conseguiu identificar o que está causando seu bocejo?

        Fiquem atentos e se precisar de ajuda, é só procurar mais informações e marcar um horário com a Nutricionista Elaine na nossa recepção!

Elaine Silva é nutricionista e atende aqui na Run todas as terças-feiras das 14h30min até as 21h

IMG_9196_Fotor - Elaine

Elaine Silva – CRN104904P

Open chat
1
Seja bem-vindo, podemos ajudar?
Powered by