4 dicas práticas para diminuir a dor nas costas na rotina

4 dicas práticas para diminuir a dor nas costas na rotina

É o trabalho, os estudos, correria, as poucas horas de sono, o desconforto que envolve tudo isso… Seja o que for, nós sabemos: a dor nas costas é uma praga que nos acompanha hoje em dia. Não por menos, é também culpa nossa.

Seja no escritório, na sala da aula ou rua, quase sempre há uma maneira de ajeitar a coluna e evitar a dor nas costas. O que acontece é que estamos, geralmente, tão imersos em nossas funções e responsabilidades que acabamos deixando-a para lá. É aí que vem a fisgada, o desconforto e a consequente busca por como melhorar.

Bom, se essa é sua preocupação: relaxe (sério mesmo, relaxar as costas é um bom primeiro passo!), pois apresentaremos algumas dicas preciosas para você se resolver com sua coluna e mandar aquela dor nas costas para longe!

Antes de começarmos, no entanto, gostaríamos de frisar que nossas dicas são adequadas para dores que não provem de lesões. Mesmo assim, são apenas dicas práticas. Para um melhor aconselhamento, é crucial buscar o auxílio de um profissional.

Dado os recados, vamos lá?

Como tirar a dor nas costas do seu dia a dia?

#Use métodos simples de autocuidado

Uma dica bem simples e que pode gerar bons resultados para quem sente dor nas costas é a compressa quente ou fria.

Enrole uma garrafa com água quente com uma toalha e deixe por sobre sua coluna, principalmente na parte inferior. O calor é bom para relaxar os músculos da área e aliviar toda tensão que provoca a dor.

Lembre-se de fazer a aplicação 2 ou 3 vezes por dia e também de reservar cerca de 10 a 20 minutos para estas sessões. Dormir ou manter a compressa quente por muito tempo não é recomendável.

A compressa fria faz bem à dores provindas de artrite e inflamações em geral, aliviando dores e reduzindo inchaços. Para realizá-la, faça o mesmo processo que a compressa anterior, só que congelando (ou apenas gelando) a água. Aplique por cerca de 10 minutos, até 3 vezes por dia.

#Sente e ande corretamente

Parte de um discurso que todo mundo, desde pequeno, já ouviu falar: a cobrança para manter a postura certa tanto em pé quanto sentado é muito importante. Ainda mais quando você envelhece e sente o baque dos anos de negligência.

Considerando que a maioria dos nossos leitores passa a maior parte do dia sentado por conta do trabalho ou estudos, vamos abordar esta posição primeiro.

Sujeitar-se a um ambiente de trabalho desconfortável, que o faça curvar a coluna enquanto sentado, é uma das piores coisas que podem acontecer na sua rotina. Para melhorar isso e evitar a futura dor nas costas, procure sentar-se com os pés planos no chão.

É importante também que seus ombros, coluna e quadris tenham o apoio correto. Para os dois últimos, é comum ouvir falar que o correto é manter um ângulo de 90º enquanto sentado, mas o ideal vai um pouquinho além disso. Procure deixar a linha do seu quadril levemente acima dos seus joelhos.

Isso conserva a curvatura natural da sua coluna lombar e mantém a posição natural.

Ainda para os sentados: procure deixar o monitor na linha de seus olhos, e o teclado e o mouse em uma distância média que não force os ombros. Sinta-se livre, também, para realizar intervalos para sair da posição sentada por pelo menos alguns minutos.

Lembre-se que não há uma postura ou modo que funcione para todos, pois depende muito da construção corporal de cada.

Já para os caminhantes de plantão, é essencial que mantenham suas colunas eretas enquanto em pé. Fique atento no posicionamento dos seus ombros, para baixo e para trás, e à cabeça, que deve sempre ficar nivelada.

Apesar de ser um pouco chato e desconfortável no começo, pois sua coluna não está acostumada com as novas e melhores posturas, elas farão a diferença. Vá por nós, vale à pena insistir!

#Pratique yoga

O yoga está aí como uma saída saudável, nova e eficaz para problemas de dor nas costas. O yoga, como exercício, exercita todas as partes do corpo. Seu movimentos lentos, o cuidado com a respiração e as posições exigidas fazem dessa prática uma ótima aliada na hora de melhorar a postura.

Sua aproximação da meditação potencializa esses resultados, amenizando a dor nas costas enquanto retrabalha sua postura em cada posição, sem o impacto de atividades físicas comuns.

#Mexa-se!

Manter o condicionamento físico é parte preciosa de se ver livre da dor nas costas. Exercitar-se estimula os músculos a não atrofiar, o que é uma ótima pedida para evitar danos nos ombros, nuca e coluna inferior.

Para os mais interessados, é sempre bom ressaltar a importância dos exercícios aeróbicos, como caminhadas ou mesmo atividades sem impacto, como natação ou ciclismo.

Se você for um iniciante, reiteramos: busque aconselhamento profissional para que um plano adequado seja elaborado e sua atividade monitorada. E se quiser uma ajudinha para começar a se mexer, conheça as opções que Run oferece

Deixe um comentário