ALONGAMENTO: A PROTEÇÃO DA MOBILIDADE! | Run Fitness Club

ALONGAMENTO: A PROTEÇÃO DA MOBILIDADE!

Um programa de alongamento regular ajudará você a se manter ativo e independente, e assegurará  sua mobilidade no futuro.

Uma perda de flexibilidade pode não parecer grande coisa à medida que envelhecemos. Afinal de contas, não é mais necessário fazer os tipos de movimentos que fazíamos quando éramos crianças. Mas a flexibilidade é o segredo para mover-nos com segurança e facilidade, e a maneira para ficar flexível é alongar.  “As pessoas nem sempre percebem a importância do alongamento para evitar lesões e incapacidades”, diz Elissa Huber-Anderson, fisioterapeuta do Hospital Geral de Massachusetts.

Perdendo flexibilidade:

A flexibilidade diminui com o passar dos anos, porque os músculos ficam mais rígidos. E se você não os alongar, os músculos se encurtam. “Um músculo encurtado não contrai tão bem quanto um músculo no seu comprimento projetado”, explica Huber-Anderson. Ao treinar um músculo encurtado você tem risco de lesão muscular, tensões e dores articulares.

Benefícios de alongamento:

Quando você alonga um músculo, você estende o tecido ao seu comprimento total. Se você mantiver essa tensão por tempo suficiente, o músculo ficará mais longo quando relaxar novamente. “Alongar o músculo é semelhante ao alongamento de um elástico”, diz Huber-Anderson. “O comprimento de repouso do elástico fica mais longo.”
Quanto mais você alongar os músculos, mais longos e mais flexíveis eles se tornarão. Como resultado, você:

*Aumentar sua amplitude de movimento
*Reduzirá o risco de lesão muscular e articular
*Reduzirá a dor nas articulações e nas costas
*Melhorará o seu equilíbrio, reduzindo assim o risco de queda
*Melhorará sua postura.
*Recuperará a flexibilidade

Veja mais benefícios da flexibilidade nos textos sobre PILATES, YOGA,

 

Tipos de alongamentos:

É crucial aquecer os músculos antes de alonga-los. Isso significa levar sangue e oxigênio ao tecido para torná-lo mais flexível e passível de mudança. Se você não aquecer, um alongamento pode danificar as fibras musculares.

Uma maneira de se aquecer é o alongamento dinâmico. “É quando você move uma articulação através de sua amplitude de movimento disponível repetidamente, sem manter uma posição”.

Tipos de alongamento dinâmico incluem rolar os ombros, levantar os joelhos e varrer os braços para os lados e para o teto repetidamente. Recomendamos dois a cinco minutos de alongamento dinâmico.

Então você estará pronto para os tipos de alongamentos que ajudarão a recuperar a flexibilidade, conhecida como alongamento estático. Esses trechos são mantidos por 30 segundos a 1 minuto. Não balance e tente relaxar junto com a respiração.

Nota: Um treino aeróbico ou de treinamento de peso também pode preparar os músculos para o alongamento estático.

5- dicas para você começar:

 

  1. Faça dois a cinco minutos de alongamentos dinâmicos antes de iniciar um programa de alongamentos estáticos.
  2. A respiração é sua aliada, quanto mais você conseguir manter a respiração lenta e calma, mais vai conseguir alongar.
  3. Aproveite esse tempo para praticar atenção plena, foque na respiração e nos músculos que está alongando.
  4. Pare de alongar se sentir dor, além de uma leve sensação de queimação no músculo.
  5. Repita. Sua flexibilidade não vai magicamente retornar da noite para o dia. Com o tempo e com o alongamento regular, você sentirá os resultados.

Fonte: https://www.health.harvard.edu/

Open chat
1
Seja bem-vindo, podemos ajudar?