Como hábitos saudáveis podem nos trazer mais alegria

Como hábitos saudáveis podem nos trazer mais alegria

Buscar um estilo de vida que traga maior alegria talvez seja a busca do século para a maioria das pessoas. Mas por que isso? Por que buscar alegria quando ela deveria ser uma recompensa presente em nossa vida? A resposta é simples: é a correria do dia a dia, o estresse do mercado, a busca por sucesso. Tudo isso leva a uma vida sem hábitos saudáveis e sem aquele sentimento de alegria, mas um de vazio.

É o paradoxo do mundo de hoje, quando busca-se tanto em um escritório, na caixa de e-mails ou nas conversas por telefone e deixa-se de lado o corpo, a mente, a saúde.

O resultado é o acúmulo de tensões, preocupações e diferentes níveis do sentimento de impotência. A pessoa, atolada em estresse, vê-se em um cenário claustrofóbico, solitário.

E aí, ao olhar para o lado, para o próximo, o amigo ou amiga de setor ou de sala…

A vê por cima, sorrindo de verdade, altiva e segura. Animada. Pronta para outra e mais outra. Por mais que não seja a pessoa mais bem-sucedida, com melhor pagamento ou cargo. Às vezes, nem sequer sua condição social chega perto da sua, mas mesmo assim ela está lá, em um altar que você almeja alcançar.

Como fazer isso? Sim, há alguns caminhos. Certos ou não, depende de cada um, da sua condição física e mental para realizá-los. Em suma, são passos certeiros em uma trilha desconhecida, onde você é o desbravador.

Vamos lá?

O guia básico da Run Fitness Club para ter mais alegria no seu dia a dia

Por se tratar de um guia da Run, você espera o quê? Hábitos saudáveis. Essa é nossa especialidade e, coincidentemente, o segredo para uma vida com mais alegria e repleta de realizações que, antes de ler nossas dicas, pareciam apenas convenções.

A primeira dica é uma que deve cercar todo o resto: ter atitude. Mas calma, não é simplesmente pensar em ter atitude. Pensar em fazer isso ou aquilo, em dar valor àquilo outro. Não, você deve se cobrar para atingir essas coisas. Definir como meta.

Soa um tanto metafísico? Talvez na origem seja. Mas o resultado é totalmente físico e real. Portanto, tenha isso em mente, pensamento positivo e atitude.

Cercar-se de bons amigos

Falamos muito do aspecto social aqui, não é? Pois então, ele é muito importante mesmo. Ter a sua volta amigos que o apoiam e sejam sinceros é um boa pedida para uma vida mais alegre. Além do companheirismo, geralmente amigos próximos podem compartilhar objetivos, se incentivar e dispor de um tempo para relaxar juntos.

Se não for próximo, tudo bem. Às vezes uma boa conversa no telefone ou por mensagens já vale um dia ou uma semana inteira. Amigos são ouro, lembre-se disso.

Deixe as redes sociais de lado por algum tempo

Nossa presença on-line é massiva, não acha? Estamos conectados a todo tempo, em múltiplas redes sociais. São mensagens a responder, e-mails a escrever, feeds para ver. É demais.

Viver tanto tempo on-line nos afeta, seja em questão de influência ou humor. Então, você deve abandonar suas redes sociais? Não, apenas dar tempo ao tempo. Defina horários, não extrapole. Depois de um tempo, você verá o peso que essa organização pode exercer em sua mente.

Exercícios leves, para distrair

Você perceberá que a maioria das dicas têm a ver com tirar um tempo para si. Aqui, falamos da primeira que libera endorfina. Se feitos com certa regularidade, exercícios calmos, para distrair, são vitais para o corpo e mente.

Experimente uma caminhada, uma volta de bicicleta no bairro ou uma sessão de yoga. Olhe seu arredor, medite, viva.

Exercícios mais pesados, para descontar

No segundo caso da endorfina, recomendamos aqueles exercícios que exigem mais esforço, mas que servem como uma ótima válvula de escape. Semana estressante? O job foi recusado? As ideias não entram em sintonia? Desconte.

Corra alguns quilômetros. Faça alguma arte-marcial. Faça natação. Assim, você desmonta essa torre de babel das emoções de uma forma que ela não desmorone em horas impróprias.

Fazer o que gosta sem medo

Se repreender faz mal ao espírito e a sua autoestima. Não se sente confortável do jeito que está? Seja no estudo, social ou trabalho? Mude. Com cautela, é claro, e bastante planejamento, mas procure mudar.

Busque aquilo que o completa e que você acha que o fará feliz. Fale com pessoas que fizeram o mesmo e comprove por si só o quanto essa atitude faz bem. Sem medo, lembre-se!

Lidar com derrotas, aprender e crescer por causa delas

As derrotas cercam nossa vida, em qualquer aspecto que seja. É coisa do destino, talvez de sorte ou fé, depende da sua crença, mas a realidade é que a vida é dura e as derrotas chegam. O que fazer com isso? Bom, a única coisa possível:

Lide com elas, analise-as para aprender quais foram seus erros e procure melhorar. Potencialize seu talento através dos seus erros. Isso, além de ser um hábito saudável para a mente, é garantia de alegria em médio ou longo prazo (e acredite, você vai querer esse tantinho de alegria lá na frente).

Tire um tempo para si, seja no almoço ou férias inteiras

Como última dica, deixamos um puxão de orelha.

Nem todo mundo é uma máquina de trabalhar ou estudar e todas, absolutamente todas as funções que você desempenha, só se realizarão caso você dê conta. Portanto, pense em você. Aproveite os intervalos, o almoço, os finais de semana, as preciosas férias. Descanse o corpo e a mente.

Além de uma rotina com mais alegria, você fica cheio de disposição para os desafios do seu dia a dia! E se precisar de uma ajudinha, conte conte conosco!

Agora conta aqui pra gente, quais são os hábitos que mais te deixam feliz?

Deixe um comentário