Por que idosos tem dificuldade em locomoção e como evitar?

Por que idosos tem dificuldade em locomoção e como evitar?

O tempo passa e com ele as mudanças no nosso corpo se tornam cada vez mais perceptíveis. Para os idosos, às vezes, a locomoção é um problema.

Com o envelhecimento, percebemos inúmeras alterações físicas e também motoras, que de certa forma podem prejudicar nossa qualidade de vida. E a locomoção é uma delas.

Segundo dados do Ministério da Saúde, a população do Brasil é composta hoje por cerca de 29,3 milhões de idosos. Destes, 30,1% têm alguma dificuldade relacionada a locomoção.

Mas por que o envelhecimento traz problemas relacionados a locomoção?

A dificuldade em se locomover é ocasionada, muitas vezes, pela fraqueza muscular, problemas nas articulações, dores e algumas condições neurológicas.

Essas variações dependem dos genes, doenças e também estão muito ligadas ao estilo de vida que a pessoa leva, que pode determinar a velocidade que este processo acontecerá.

A rapidez no envelhecimento tem muito a ver com como o indivíduo se alimenta, se ele fuma, bebe e, principalmente, se pratica exercícios físicos regularmente ou se faz parte do grupo dos sedentários.

Prevenção e envelhecimento saudável

Para prevenir precocemente os problemas com a locomoção, é fundamental apostar desde cedo em uma vida equilibrada, com alimentação variada, rica em nutrientes e alimentos antioxidantes.

A uva, o espinafre e o morango, por exemplo, contém vitaminas do complexo B que são muito importantes no processo de envelhecimento saudável.

Evitar o excesso de bebidas alcoólicas e deixar o cigarro de lado também é muito importante para melhorar a sua qualidade de vida, afinal, eles são grandes causadores de doenças como aumento da pressão arterial e acidente vascular cerebral.

Outra dica e talvez a mais importante delas para evitar problemas de locomoção no futuro é apostar em uma rotina duradoura de exercícios físicos.

As atividades físicas como a musculação previnem as perdas ósseas e musculares, consequências muito comuns do envelhecimento.

Além disso, a academia pode lhe ajudar na melhora do equilíbrio, controle da pressão arterial, controle da diabetes, diminuição da gordura corporal, potência aeróbia e vários outros benefícios.

Sem contar a melhora cardiovascular. O exercício físico proporciona a melhoria no funcionamento cardíaco, tornando o coração muito mais forte e eficiente.

E vale lembrar que a musculação pode e deve ser realizada também na terceira idade, pois é nesse estágio que os músculos precisam de estímulos para manter o fortalecimento, evitar problemas de locomoção e quedas.

Sim, as quedas. Elas são muito comuns entre os idosos e podem ser evitadas com um treinamento especializado.

Um estudo realizado na Nova Zelândia em mulheres de 80 anos de idade mostrou uma redução de 40% nas quedas com treino força simples e treinamento de equilíbrio.

Então, tá esperando o que pra começar a levar uma rotina mais saudável?

São atitudes simples, mas que lá na frente farão toda diferença.

E tenha sempre em mente: todos nós envelheceremos um dia, mas cabe a cada um de nós fazer escolhas para chegar na terceira idade da forma mais saudável possível. 

Curtiu? Fique ligado no nosso blog e não perca nenhum post! Temos várias dicas para você que quer ter uma vida mais equilibrada e feliz.

Deixe um comentário