Tagged as: exerciocios para abdominais

BODYCOMBAT uma incrível maneira de melhorar a força do “CORE”.

A melhor maneira de desenvolver a força do “core” (basicamente, músculos abdominais e lombares) é através de flexões abdominais no solo, certo?

Bom, não necessariamente. Pesquisas mostram que em uma aula de BODYCOMBAT ™ você pode obter todos os benefícios do treinamento do “core” e fazer mais de 1.700 abdominais antes mesmo de deitar para começar o treino de abdominal!

Não importa quais são os seus objetivos com fitness, o “core” é algo que você não pode ignorar. Um “core” forte é vital para a saúde do corpo inteiro, pois ele nos proporciona estabilidade, ajuda com equilíbrio e pode ajudar com a prevenção de lesões.

Quando se trata de desenvolver essa força, muitos acreditam que as flexões abdominais são a melhor opção, mas um estudo do Dr. Jinger Gottschall na Penn State University prova que pode não ser exatamente assim. Esta pesquisa prova que o BODYCOMBAT proporciona um dos melhores exercícios para o “core”.

Como eles descobriram isso?

Durante o estudo da Penn State, Dr Gottschall contatou um grupo de 20 participantes (incluindo alguns instrutores BODYCOMBAT) e cada participante fez flexões abdominais, socos e chutes, ligados a uma máquina de EMG (Eletromiografia). Os participantes tiveram eletrodos colocados sobre os músculos do “core” relevantes, neste caso, o músculo reto abdominal e os oblíquos externos, e um computador monitorou a ativação muscular. Quanto maior a ativação, mais os músculos estão trabalhando.

Cada um dos participantes realizou todos os movimentos de uma aula de BODYCOMBAT (nesse caso BODYCOMBAT 51), e os níveis de ativação dos chutes e socos foram comparados aos níveis de ativação das flexões abdominais. Em todas as comparações foram identificados níveis de ativação muito maior nos movimentos de BODYCOMBAT do que nas tradicionais flexões abdominais.

A maior ativação do “core” veio dos chutes duplos, que resultou em 2,3 vezes maior do que nas flexões. Em jabs rápidos a diferença foi de 1,6 vezes maior do que nas flexões. Somando todos os movimentos do BODYCOMBAT 51, e tendo em conta o aumento da ativação, chegamos ao numero equivalente a 1.700 flexões abdominais.

Rachael Newsham, diretora do programa BODYCOMBAT, diz que a pesquisa é uma grande revelação. Ela sempre soube que, durante um treino BODYCOMBAT, muita força vem dos abdominais, mas ela não tinha ideia exata de quanta. “Isso prova que o core está trabalhando muito! Movimentos como jabs e joelhadas fornecem uma ativação incrível do “core”. Esta é uma notícia incrível, pois significa que você pode obter um ótimo treino de abdominais com o BODYCOMBAT, e queimar muitas calorias ao mesmo tempo “.

A razão pela qual o BODYCOMBAT é um treino eficaz para os músculos abdominais é por causa de algo chamado “reactive core training”. Isso é o que acontece quando você ativa o “core” através de movimentos naturais fazendo os músculos do abdômen desempenhar a função para a qual foram criados.

Jabs e chutes são grandes exemplos de “reactive core training”. Este tipo de treinamento desenvolve a força funcional do “core” – e essa é a força do abdomem que você precisa para a vida cotidiana.

Então, com isso em mente, prepare-se para quebrar a tradição e obter um ótimo treino de abdominal, com os resultados comprovados com a aula de BODYCOMBAT e com o reactive core training. Afinal, você pode obter todos os benefícios de 1.700 flexões sem fazer nenhuma flexão abdominal no solo!

Está esperando o que? Confira o nosso quadro de aulas coletivas e não perca essa oportunidade.