Tagged as: run

Conheça a nossa Avaliação Funcional – FMS

AVALIAÇÃO FUNCIONAL FMS

O FMS é a Avaliação Funcional do Movimento mais utilizada no mundo. Além de uma avaliação o FMS é um sistema que norteia do início ao fim do seu processo de conhecimento do cliente e prescrição de exercícios ou na reabilitação. Mudando a forma de pensar e de trabalhar de milhares de profissionais do movimento em todo o mundo.

Iniciada pela necessidade aplicada de se ter uma ferramenta qualitativa que analisasse o quão bom e capaz seria um padrão de movimento básico.

Desenvolvida em 1997 pelo Gray Cook (Fisioteraputa) e pelo Lee Burton (Preparador Físico) a partir da necessidade de elucidar as causas da dor no tornozelo de um atleta amador universitário. Desde então seu aprimoramento foi constante até chegarmos no protocolo que utilizamos hoje.

A filosofia do FMS está pautada no conceito de que o corpo inteiro deve estar funcionando corretamente a fim de maximizar o desempenho do indivíduo. Quando o corpo é visto como uma corrente de elementos individuais, subentende-se que o elo mais fraco desta corrente pode enfraquecê-la como um todo.

O FMS oferece ferramentas simples e muito eficazes para identificar e aperfeiçoar padrões pobres ou compensatórios.

“Somos tão fortes quanto nosso elo mais fraco”

Que tal agendar uma Avaliação Funcional Run e cuidar ainda mais do seu corpo??

Entre em contato com a nossa recepção e agende já!

Se quiser ainda mais infos, o preparador físico da seleção Brasileira sub20 de futebol explica ainda mais no video:

http://www.treinointeligente.com.br/fms-avaliacao-funcional-do-movimento/

7 Dicas para um dia mais astral.

Temos passado, nos últimos anos, semana atrás de semana cumprindo prazos e acordos, reuniões atrás de reuniões, filhos, casa e mais um monte de atribulações loucas que nos impedem de dedicar um tempinho para nós mesmos.

De certa forma temos que entregar o trabalho que fechamos, atender o cliente, cumprir a demanda… Mas isso não deve ser tomado como uma “prestação de contas” sua à sociedade. Tente ver como um bem que você faz a si mesmo ou como uma forma de cultivar a disciplina dentro da sua rotina.

Dizer “Bom dia!” no elevador, tratar bem aqueles que trabalham com você, ser gentil com seu chefe… Isso também é YOGA! Tente fechar os olhos durante um dia que não está sendo tão legal e respirar profundo por algumas vezes de forma consciente e você vai experimentar uma sensação de leveza e tranquilidade se instalar no seu corpo todo.

Percebeu como é fácil trazer o yoga para o seu dia a dia? Basta ter presença, atenção e vontade que seu corpo, mente e espírito já começam a se alinhar e as coisas vão começando a fluir mais leves.

Aqui vão algumas dicas que vão te ajudar a ter um dia ainda mais produtivo e cheio de boas ideias e energias:

1. Acorde e agradeça!

Começar agradecendo é a melhor forma de acordar para um dia bom. Agradeça por estar vivo, pela sua família, sua saúde, seu trabalho, amigos e até por seus animaizinhos. A vibração do seu dia já vai ser diferente!

​2. Coma para ser feliz!

Se alimente das coisas saudáveis que você mais gosta de comer. O café da manhã é um momento muito especial do dia e que deve ter nossa atenção quanto ao que ingerimos. Prefira os sucos, frutas, pães leves, iogurtes, tudo o mais fresquinho e vivo possível. Ah, não se esqueça de aproveitar esse momento para separar aquela fruta, bolachinha ou castanha para um lanchinho no meio da manhã.

​3. Sorrir é o remédio!

Lembre-se de sempre deixar um sorriso no rosto. A alegria contagia e mesmo que você não perceba a sua mente e seus pensamentos são super alinhados com o que o seu corpo expressa. Sorria! Largue um sorriso no canto da boca e deixe-o aí… Você vai ver que é mais gostoso levar a vida sorrindo.

​4. Fale e faça!

Tem uma frase que gosto muito que diz: “Entre falar e fazer, há muito o que fazer!”.

A palavra ganha força na ação e isso é fato, pois ela se materializa através do ato, ganha força, multiplica sua energia.Procure alinhar o que você fala ou promete a si mesmo e as coisas que realmente precisam acontecer na sua vida vão engrenar. Assim você estará cultivando ainda mais profundamente Satya, verdade – um preceito ético do Yoga.

​5. Dê uma pausa!

Pare tudo que estiver fazendo, feche os olhos e respire! Pode até fazer isso assim que terminar de ler o texto… Traga todos os seus sentidos a tona e se ponha no momento presente sempre que você achar que vai pirar ou quando precisar de mais concentração e consciência para uma tarefa.

​6. Medite!

Sim, medite! Esta fantástica técnica de acalmar a mente tem benefícios que refletem em nós por inteiro. Ache 10 minutos do seu dia em que você consiga ficar em um ambiente calmo e silencioso. Novamente, feche os olhos, respire e tente não pensar em nada (lembrando que ficar repetidamente pensando que você não deve pensar em nada já é pensar alguma coisa… rs). Concentre-se apenas na sua respiração e batimentos cardíacos. Perceba o caminho que o ar faz e daqui a pouco vai sentir que a mente e os pensamentos se acalmaram. Se perder o foco ou algum novo pensamento vier à mente, volte novamente sua atenção para a respiração. O importante é sempre aumentar gradativamente o tempo que você reserva para essa meditação.

​7. Tempo todo seu!

Tire um tempinho do dia para chamar de seu. E aproveite-o. Mesmo que seja jogado na cama lendo um bom livro, uma massagem, um momento de risadas com os amigos. É essencial e indiscutível para qualquer ser vivente ter um tempo para si. Pode ser casado, solteiro, namorado, amigo ou qualquer outro tipo de relação: Dê um tempo para si e para o outro. Encontre a alegria dos bons momentos consigo, se conheça, se reinvente. Nessa vida, sua melhor experiência será com você mesmo!

Namaste.

 

IMG_20161018_133434110_Fotor

Ana Paula Linhares Santos

 

 

O que é Treinamento Funcional?

TREINAMENTO FUNCIONAL

O treinamento funcional caracteriza-se por ser um método de treinamento completo que desenvolve diversas capacidades físicas utilizando movimento de alta e baixa intensidade, visando a melhoria do controle, estabilidade e coordenação motora, partindo do fortalecimento do centro do corpo (core). O core é composto pelos músculos abdominais, da região lombar, pelve e quadril, estes são responsáveis pela estabilização e sustentação do nosso corpo na maioria do movimentos.

Algumas capacidades como força, resistência, velocidade, mobilidade e estabilidade são trabalhadas nesta modalidade, proporcionando aos seus participantes diversos benefícios como: melhora do tônus muscular, maior consciência corporal e movimentos eficientes, alinhamento postural, melhora da coordenação motora e capacidade funcional, melhora da capacidade aeróbia e composição corporal. Uma das formas de trabalhar o treinamento funcional é por meio de circuitos com exercícios variados que trabalham todas as capacidades mencionadas anteriormente, e proporcionam maior gasto energético que as práticas convencionais.

Um estudo realizado por Pereira et al (2012) mostrou que o Treinamento Funcional com carga praticado por mulheres adultas trousse diminuição do percentual de gordura e aumento de massa magra das mesmas, assim melhorando sua composição corporal.

Venha conhecer esta modalidade aqui na Run!

Confira no quadro de aulas a próxima aula, e venha treinar conosco!

 

PEREIRA, P. C. et al. Efeitos do treinamento funcional com cargas sobre a composição corporal: Um estudo experimental em mulheres fisicamente inativas. Motricidade, v. 8, n. 1, p. 42- 52, 2012. Disponível em: http://revistas.rcaap.pt/motricidade/article/view/238/206#

Avanços no treinamento funcional/Michael Boyle; tradução: Ana Cavacanti C. Botelho; revisão técnica: Ivan Jardim. – Porto Algre: Artmed, 2015. Xvi, 256 p.: il. ; 28 cm

 

 

anahi_fotor

ANAHI AYELEN MARTINEZ GALLEGO
Estudante de Educação Física na Universidade Federal de Santa Catarina.

Conhecendo a Massoterapia

 

A massagem na sociedade Oriental é uma prática conhecida e usada por terapeutas chineses e indianos desde tempos imemoráveis, já no ocidente há relatos de que médicos romanos e gregos como Galeno e o pai da medicina Hipócrates à usavam como arma terapêutica. No entanto uma maior aceitação só veio a ocorrer após a sistematização de técnicas desenvolvidas pelo esgrimista sueco Per Herink Ling, dando origem a Massagem Sueca que se popularizou por toda Europa e Américas.

Entretanto, é possível encontrar pessoas que desconheçam o benefícios desta prática e até mesmo questionem se estão aptos ou se vale a pena incorporar esta terapia em sua rotina.

A resposta é sim, excetuando-se pessoas que encontram-se doentes, lesionadas, ou que possuem enfermidades crônicas como Trombose, ou problemas Cardíacos e Vasculares, a massoterapia é indicada para :

 

Alivio do Stress e ansiedade;

Redução de incidência de enxaquecas;

Melhora na qualidade do sono e redução de insônia;

Redução de disturbios digestivos;

Regulação do metabolismo;

Artrose;

Cansaço e Esgotamento Físico;

Dores nas Costas, pescoço e dorso;

Problemas emocionais.

 

Mas como funciona ?

 

Quando a pele é massageada há a produção de estímulos nervosos, que através de ação reflexa na medula espinhal geram a redução do tônus muscular e a sensação de relaxamento. Estes estímulos chegam ao cérebro e reduzem a produção de cortisol (hormônio do stress) e aumentam a produção da serotonina, um neurotransmissor que regula o humor, o sono e a saciedade, de uma forma simplificada pode-se dizer que a serotonina produz a sensação de bem estar.

Além disso existem ganhos no funcionamento fisiológico, pois os movimentos sobre os tecidos do corpo estimulam a circulação sanguinea, a circulação linfática, e os movimentos peristálticos. O estimulo da circulação linfática auxilia na eliminação de toxinas e redução de resíduos do tecido muscular, como o ácido láctico, que auxilia a aliviar as dores musculares, além de nutrir melhor os músculos e hidratar a pele.

trombeta

Diego Trombeta – Massoterapeuta.

 

Bocejos nos treino?

        Você costuma bocejar muito durante os treinos? Isso pode ser um alerta de seu corpo, a nutricionista Elaine Silva nos explicou o porque que isso acontece!

        Apesar de não ter muitos estudos científicos que comprovem o motivo do bocejo durante as atividades físicas, vamos tentar explicar algumas hipóteses que podem estar ligadas a esse ato involuntário do nosso corpo.

• Uma das suposições diz que o bocejo acontece quando o organismo está em um momento de baixo metabolismo, causado por uma queda de oxigenação no interior dos alvéolos, no qual a função é expandir o oxigênio pelo sangue e retirar o dióxido de carbono. Para impedir está baixa oxigenação, o organismo tenta aumentar a entrada de ar nos pulmões através do bocejo. Isto explicaria, em parte, porque algumas pessoas bocejam quando fazem um treino muito puxado na musculação.

• A baixa concentração de açúcar (glicose) no sangue. Porque tem relação com a baixa ingestão de carboidrato na sua alimentação antes do treino ou redução dessa reserva energética, chamada glicogênio durante o exercício. Caso você não coma o suficiente para amparar seu organismo em energia, além de bocejos poderá aparecer outros sintomas como visão turva, tonturas, tremores e aumento da frequência cardíaca.

• O bocejo também está ligado com a termorregulação, quando bocejamos é para resfriar o cérebro, promovendo a troca de calor com o meio ambiente. É muito mais comum “abrirmos o bocão” no verão do que no inverno. Então você já percebeu a temperatura do local de seu treino?

• E claro que também o ato do bocejo pode estar ligado a falta de sono, noites mal dormidas. O descanso é fundamental para a melhora de seu rendimento nos treinos e no seu dia a dia.
E aí, conseguiu identificar o que está causando seu bocejo?

        Fiquem atentos e se precisar de ajuda, é só procurar mais informações e marcar um horário com a Nutricionista Elaine na nossa recepção!

Elaine Silva é nutricionista e atende aqui na Run todas as terças-feiras das 14h30min até as 21h

IMG_9196_Fotor - Elaine

Elaine Silva – CRN104904P